• Como romper barreiras no trabalho e conseguir o espaço desejado?

    Quantas vezes em nossa vida profissional nos vemos com dificuldades de relacionamento com pares, com a chefia imediata ou com subordinados sem termos a clareza do motivo.
    Em minha trajetória profissional , digo sem medo de errar que 80% deste problema tem a raiz na comunicação.
    Uma palavra mal colocada, a linguagem corporal, o tom de voz, a prontidão da resposta, a ansiedade, etc… podem criar barreiras do tamanho da muralha da China.
    Para deixar mais claro a situação, vamos mudar o cenário e analisar o contexto a seguir:
    – Você confiaria em um médico, quando em sua primeira consulta ao você relatar fortes dores abdominais, ele imediatamente, prescrevesse um medicamento e concluísse a consulta?
    Provavelmente sua resposta será não. Existe a expectativa de um diagnóstico, de uma anamnese, de um processo investigativo e acima de tudo que o médico perceba sua presença e olhe com atenção para você.
    Quando ele rapidamente, sem te escutar define o tratamento, certamente isso irá te deixar inseguro, a forma da condução não gera segurança e confiança. E quando não existe confiança não existe diálogo, fica impossível ter uma relação, em todos os níveis.
    Pois bem…. assim nos comportamos em nosso dia a dia por inúmeras vezes!
    Na pressão do dia a dia corporativo, com uma agenda apertada em reuniões e prazos para entrega de material, quando nos damos conta já estamos fazendo como o médico acima.
    Esta atitude gera um desconforto pois não cria segurança!
    Então, como vamos conquistar a confiança e a aceitação do outro?
    Primeiro passo –  identifique o perfil da pessoa que quer gerar confiança:
    1) Visual – As pessoas com o perfil visual são pessoas que têm um cuidado extremo com a aparência. Combinam cores e acessórios, estão sempre impecáveis.  Esta pessoa entende o mundo observando, se atentando a pequenos detalhes, valorizando a organização e o método. Entende mais vendo do que ouvindo.
    2) Auditivo – São pessoas atentas às palavras que utiliza, bem como interpreta todas as palavras que escuta. Existe um cuidado também com o tom da voz utilizado para se expressar.
    3) Cinestésico – Os cinestésicos estão atentos ao cheiro, à qualidade do material, à sua textura, à limpeza, etc… Eles estão conectados às sensações e estímulos disponíveis no ambiente.
    Segundo passo Adapte-se ao estilo de cada um.
    1) Visual – Cuide com sua apresentação pessoal e com a forma que apresenta seus trabalhos para esta pessoa. Tudo deve ser harmonioso e cuidadosamente feito.
    2) Auditivo – Perceba quais palavras deve ou não dizer, qual o tom de voz adequado e ainda como deve desenvolver sua narrativa.
    3) Cinestésico – Seu perfume, a temperatura da sala, a limpeza e a conservação dos materiais envolvidos nos processos precisam ser cuidados.
    Muitas vezes identificar o perfil da pessoa é mais fácil do que adaptar-se a ele. Então sempre esteja atento à forma como as pessoas, que  mais valoriza agem. Ao buscarmos esta referência vamos encontrando repertório para sermos mais bem-sucedidos e conquistar a confiança que precisamos para fazer um bom trabalho.
    O inconsciente aceita somente o que é parecido com ele. Quando nosso ouvinte nos identifica como igual, algumas barreiras já se desfazem automaticamente.
    Ao nos adaptarmos ao estilo do ouvinte, estamos emitindo estímulo para o inconsciente dele e a resposta deste processo é a aceitação.
    O grande desafio é a flexibilidade. Uma habilidade que é cada vez mais requisitada pelas organizações nos mais diferentes níveis hierárquicos.
    Esta pequena explicação que fiz, na verdade é a soma de duas poderosas técnicas: Rappot e ERDIR.
    Cópia de Cópia de Cópia de Ana Paula Frizzo (4)Cópia de Cópia de Cópia de Ana Paula Frizzo (3)
    A mente é como nossa casa, ninguém entra sem ser aceito.
    Crie confiança e abra portas.
  • 0 Comentários:

    Vamos teclar no Whatsapp?

    Clique ao lado e mande sua mensagem! Vou te atender tão breve receba o seu contato.

    LOCALIZAÇÃO

    Rio de Janeiro, Brasil

    EMAIL

    contato@luetilneto.com.br
    luetil.neto@gmail.com

    TELEFONE

    +55 (21) 964 557 814

    CELULAR

    +55 (21) 964 557 814